NOTICIAS
Matéria publicada em: 03/01/2020

Empresas aderem ao contrato intermitente e novo regime de trabalho decola no país

Fonte: O GLOBO

Os números da modalidade de contrato intermitente, aprovada há dois anos e na qual o trabalhador pode ser chamado ao serviço apenas algumas vezes por semana, indicam adesão das empresas às novas regras. Nos primeiros 12 meses foram mais de 82 mil contratações pelo modelo, superando as 47 mil vagas criadas no período anterior.

O que isso representa: especialistas afirmam que este tipo de contrato, que garante salários e direitos como férias e décimo terceiro proporcionais aos dias trabalhados, é mais precário do que o modelo convencional, mas serve de porta de entrada para quem está fora do mercado.

O efeito da nova regra: a tendência é que o contrato intermitente continue crescendo. Este tipo de contrato permite que as empresas modelem suas contratações de acordo com a demanda. Setores que trabalham com capacidade ociosa, como o de serviços, por exemplo, têm mais capacidade de adesão.


FETRANSCARGA - FEDERAÇÃO DO TRANSPORTE DE CARGAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Todos os Direitos Reservados © 2020 - Todo conteúdo deste site é de uso exclusivo da FETRANSCARGA